Gestor Financeiro Pessoal

Coaching |

Solucionando seus MEDOS para sempre!


por GestorFP

Esse texto foi originalmente publicado no blog Riquezas da Vida. A GestorFP recomenda que você conheça esse blog e a fanpage da CRITERION no Facebook.

Após apresentar os seus obstáculos emocionais e como trazê-los à consciência, finalmente chegamos à primeira técnica (de três) para começar a resolvê-los para sempre.

O primeiro obstáculo apresentado foi o medo. Devemos lembrar que o medo é um mecanismo de proteção natural do ser humano: seu sistema nervoso já nasce com esse mecanismo. Saímos “de fábrica” com dois medos básicos: medo de altura e medo do escuro. Mas, mesmo esses medos não se tratam de fobias: e sim uma espécie de respeito. Todos os outros medos nós criamos por experiência, geralmente experiências dolorosas.

Porém, na sociedade atual, nós vivemos um excesso de medos: medo de coisas que nós nunca vivemos, medo de coisas que nós vimos outras pessoas viverem e medo de coisas que nós vimos na televisão, no cinema, no teatro, nos livros: não é foco tratarmos de teoria conspiratória, mas é fundamental que nós entendamos que grande parte de nossa cultura veio do cinema estadunidense, de todo um aparato midiático que nos envolve.

Isso vai ser repetido nas próximas duas técnicas, mas se você teve dificuldade em trazer à consciência quaisquer obstáculos (confira aqui os outros posts: medo, formas de atuação do Guardião, crenças de luta, histórias e justificativas pessoais e metáforas pessoais) é muito provável que esse aspecto está atuando numa parte profunda de seu inconsciente. Então devemos perceber isso e compreender que não existe certo ou erradoEXISTE ESCOLHA – mas você só tem escolha quando está consciente.

Caso não tenha acompanhado, confira todos os obstáculos que te impedem de progredir:

Seu primeiro obstáculo EMOCIONAL: Medos

Seu segundo obstáculo EMOCIONAL: o Guardião da Escassez

Seu terceiro obstáculo EMOCIONAL: Crenças de Luta

Seu quarto obstáculo EMOCIONAL: Histórias Pessoais

Seu quinto obstáculo EMOCIONAL: Metáforas Pessoais 

A primeira técnica, portanto, para resolver de vez seus medos é chamada de Refoco Positivo.

O Refoco Positivo

medo foi o primeiro obstáculo a ser trazido para a consciência. Diante disso, vamos trabalhar com a técnica para solucionarmos esse empecilho: o Refoco Positivo.

O que é o Refoco Positivo? Vamos supor que você tenha o medo de morrer pobre, doente e sozinho. A técnica do Refoco diz o seguinte:

Que coisas você pode fazer a partir de agora para que isso jamais aconteça?

O que é preciso fazer para que você jamais pense em morrer pobre, sozinho e doente?

Que atitudes de desenvolvimento pessoal, que pessoas você pode perdoar, em que áreas você pode se perdoar que já vão começar a impedir que isso aconteça?

Outro exemplo, com um medo concreto: “Tenho medo de sofrer um acidente de carro”:

Que cuidados você pode ter para que isso não aconteça?

Tem algum curso que você pode fazer para evitar tal situação?

Você verifica frequentemente seu sistema de freio de carro?

Mas isso não parece óbvio? Sim, parece. Mas é necessário trazer essas informações para a consciência e criar um plano. Quando o medo é muito forte ele costuma ser muito profundo – nós levamos isso para o inconsciente e ele trata de transformar aquilo (o medo) em realidade.

O exercício do Refoco Positivo, portanto, trata de mudar o foco do medo (aquilo que quero evitar) para todas as coisas que eu preciso fazer para que ele não aconteça. Só de mudar de foco do medo para focar nas outras coisas já muda sua percepção e consequentemente sua vida.

Então vamos exercitar, colocar em prática para criar estratégias.

Pegue cada um de seus medos e use a técnica do Refoco Positivo, observando a questão do medo por um ângulo diferente, colocando sua atenção nas coisas que você pode fazer para evitar esse medo:

Que coisas você pode fazer a partir de agora para que esse medo jamais aconteça?

O que é preciso fazer para que você jamais pense nesse medo novamente?

Que atitudes de desenvolvimento pessoal, que pessoas você pode perdoar, em que áreas você pode se perdoar que já vão começar a impedir que esse medo aconteça?

Faça-se essa e outras perguntas. Você vai perceber que algumas ideias de ação vão surgir: esse é o começo de sua estratégia para sanar seu medo.

***

Quando fiz o exercício para trazer à consciência meus principais medos obtive várias impressões que sabia, mas, como não tinha “materializado no papel”, não estava à vista, acabava ignorando. Os medos financeiros, por exemplo, foram os seguintes:

Medo de não alcançar meus objetivos financeiros; medo de ser incapaz de prover minha família; medo de não alcançar o sucesso; medo de ter a impressão de ter ficado “estacionado”; medo de não conseguir realizar meus sonhos e objetivos.

Com a técnica do Refoco Positivo consegui, mesmo que ainda superficialmente, definir algumas macroestratégias que depois foram sendo refinadas:

– Abraçar desafios que tragam a oportunidade de crescimento profissional, pessoal e financeiro;

– Continuar a investir grande parte daquilo que recebo sem elevar meu padrão de consumo;

– Trabalhar de modo a me posicionar em uma situação de força;

– Desenvolver meus projetos pendentes e coloca-los em funcionamento.

Então, como alguém que executou todos esses exercícios propostos (e carrega esses aprendizados para a vida), digo que compensa MUITO fazê-los. Só isso já provoca uma elevação substancial na consciência e sua atitude perante a vida, em diversos aspectos, muda – pra sempre!

No próximo post, falaremos da segunda técnica que tem a capacidade de resolver três obstáculos.

Até lá!

Phillip Souza

Sócio-diretor executivo da Criterion e autor do blog “Riquezas da Vida” que trata de diversos assuntos relacionados a comportamento financeiro, psicologia econômica, finanças pessoais e investimentos. Consultor associado da GestorFP em Belo Horizonte.

Congresso de Coaching Financeiro: participe!

O CONACOACHFI é o 1º Congresso Nacional de Coaching Financeiro realizado no Brasil. Serão mais de 30 palestras com as maiores referências do Coach Financeiro do país, compartilhando métodos, técnicas, […]