Gestor Financeiro Pessoal

Investimentos |

Vem ficar rico com a gente!


por GestorFP

Nos últimos dias, venho publicando cards nas mídias sociais sobre as três etapas para que seu planejamento de investimento seja eficiente. Nesse texto, quero explica-las com mais detalhes:

Etapa 1: Organização dos fluxos de caixa e priorização das despesas, para eliminação de desperdícios e redução de supérfluos, visando ao aumento da capacidade mensal de investimento, sem comprometimento da qualidade de vida.

Nessa etapa, o objetivo é maximizar sua capacidade de investimento mensal, mantendo seu padrão de vida. Isto significa usar sua renda com inteligência, gastando apenas o necessário, para fazer sobrar mais dinheiro mensalmente e, portanto, investir mais todo mês, com sustentabilidade. É importante que você entenda que a gente fica rico com o que economiza e investe todo mês e não com o que recebe ou com o que já tem acumulado.

Etapa 2: Seleção dos melhores ativos do Mercado Financeiro, para montar uma carteira de investimentos que maximize a rentabilidade, respeitando sua tolerância a risco e sua necessidade de liquidez.

Nessa etapa, o objetivo é escolher os produtos de investimento corretos para balancear de forma ideal a maximização de rentabilidade, para um dado nível de risco e exigência de liquidez, de acordo com seus objetivos e sua capacidade de investimento mensal.

Etapa 3: Criação de reserva financeira contra emergências e contratação de seguros, para preservação do padrão de vida e proteção do patrimônio.

Nessa etapa, o objetivo é impedir que suas conquistas se percam. Em outras palavras, você está se esforçando para economizar e investir ao máximo todo mês (etapa 1), você já selecionou a carteira de ativos correta para seus objetivos, necessidades, perfil e capacidade mensal de investimento (etapa 2), não pode, agora, deixar todo esse esforço e planejamento se perder por conta de situações imprevisíveis, como desemprego, doença, roubo de carro, morte, entre outros. É preciso manter uma reserva financeira contra emergências e contratar seguros contra uma potencial ocorrência que destrua o patrimônio já conseguido.

Por isso, não perca mais tempo! Entre em contato para montarmos seu planejamento financeiro levando em conta essas três etapas.

Um abraço,

Rodrigo Leone

Gostou do texto? Clique aqui e faça seu cadastro para receber GRATUITAMENTE muito conteúdo sobre finanças pessoais e investimentos!